Prémio Incentivo de Dança 2010 atribuído a Ludger Lamers

Prémio Incentivo de Dança 2010 atribuído a Ludger Lamers

“Na sessão do passado dia 6 de Maio, o Pelouro da Cultura da Câmara Municipal de Munique decidiu atribuir o “Prémio Incentivo de Dança 2010” a Ludger Lamers. Este Prémio, no valor de seis mil euros, é concedido, de dois em dois anos, a um trabalho artístico actual, de excepcional qualidade, nas áreas do ballet e da dança-teatro. Até à data, os laureados com este Prémio foram Viviane Marrone, Compagnie Dance Energy – Micha Purucker, Tom Plischke, Olga Cobos e Peter Mika, Mia Lawrence, Kim Ki-Hun e Claudia Senoner.

Composição do Júri:

O júri, constituído por Angela Dauber (Performer), Doutor André Eiermann (investigador na área do teatro e da dança), Robert Hofmann (director do teatro i-camp/novo teatro Munique), Ingrid Kalka (directora-geral de Tanztendenz), Claudia Senoner (bailarina e coreógrafa, laureada com este mesmo Prémio em 2008), Katja Werner (crítica de dança), bem como por representantes de vários partidos políticos com assento na Câmara Municipal de Munique (Dr. Ingrid Anker (SPD), Niederbühl Thomas (Verdes / RL), Monika Renner (SPD), Ursula Sabathil (CSU) e Elizabeth Schmucker (CSU), fundamenta a sua decisão da seguinte forma:

Fundamentação do Júri:

“Na reunião de 2010/04/15, o júri propôs, para a atribuição do “Prémio Incentivo Dança 2010”, o bailarino e coreógrafo Ludger Lamers. Na base desta decisão está a abertura que Lamers manifesta na sua linguagem coreográfica, sendo aquela o ponto de partida para a confluência de outras expressões artísticas na sua metodologia de trabalho. Esta tendência está igualmente presente a nível conceptual e prático e não a encontramos apenas nas suas próprias coreografias, mas é também visível quando Lamers actua como bailarino em projectos de outros artistas.

Por isso, os trabalhos de Lamers encontram pontos de partida e de referência na arquitectura ou no cinema, como é possível ver na sua trilogia “Tokonoma”, que decorreu entre 2007-2009. Também explora a intersecção entre a dança e o teatro como por exemplo, enquanto performer na produção de “Appropriation. Parasiten. Krapp’s Last Tape” de Sebastian Blasius, notavelmente realizada em 2009. Visto geralmente em colaboração com outros artistas, Lamers manifesta, não só uma admirável disponibilidade para este trabalho em equipa, mas também um especial interesse em se entregar a novos domínios e, desta maneira, possibilitar a abertura de caminhos originais para a sua pesquisa coreográfica. Trabalho a solo partindo de um texto, é uma parte essencial da sua pesquisa, a par de outros campos, como por exemplo, instalações baseadas em workshops, análise e questionamento de formas de reconstrução e de representação, interesse no trabalho com o corpo e com a espiritualidade.

Assim, o trabalho de Lamers testemunha um interesse profundo nos domínios da coreografia e da dança em que o corpo atravessa os limites de um só género de arte, entrando num movimento convergente, compreendendo, desta maneira, a dança como uma investigação, em formas diferentes de representação e de apreensão do mundo, em vez de reduzir a dança a uma forma específica ou a uma simples definição”.

Informações disponíveis em: http://www.muenchen.de/Rathaus/kult/presse/mai/html

Como uma forma de reconhecimento dessa sua abertura a uma diversidade de linguagens, contribuição indispensável para o desenvolvimento da dança contemporânea, característica que continua a ser visível na sua última produção (“Le Sceptre Et La Marotte”, Novembro 2009, i-camp/Neues Theater Muenchen e Janeiro 2010, auditório Schwere Reiter), o Doutor Hans-Georg Küppers, Conselheiro da Cultura da capital da Baviera, Munique (Kulturreferent der Landeshauptstadt München), e Presidente da Comissão da Cultura do Congresso dos Municípios da Alemanha (Vorsitzender des Kulturausschusses des Deutschen Städtetages), entregar-lhe-á o “Prémio Incentivo de Dança 2010”. no próximo dia 5 de Julho, em sessão solene, no salão Nobre do antigo edifício da Câmara Municipal de Munique (Historischer Festsal – http://www.muenchen.de/Rathaus/dir/raum/101270/altrath.html).

Advertisements
Posted in Performance | Leave a comment

O Senhor das Palavras || Academia de Dança de Matosinhos

Posted in Formação, Performance | Leave a comment

May 2010

Posted in Performance | Leave a comment

TACTICKLE || Ludger Lamers



Kurfürstenstr. 8, 80799 München

12./13./14./15. Mai 2010
20.30 Uhr
Kartenreservierung: 089-23219877 / webmaster@undsofort.de

.

secret solo

5 Tanzsolos von Stephanie Felber, Amanda Billberg, Stephan Herwig, Johannes Härtl und Ludger Lamers

Liebe Kolleginnen und Kollegen,

das Theater… und so fort in der Schwabinger Kurfürstenstraße präsentiert im Mai das erste „secret solo“ des Jahres 2010. Gezeigt werden wieder 5 Tanz- und Performancesolos aus der Münchner Szene.
„secret solo“ findet zweimal jährlich, jeweils im Frühjahr und im Herbst statt. Damit steht eine Plattform für Künstler zur Verfügung, die im kleinen Format ihre Ideen und Arbeitsweisen präsentieren wollen. Die Reihe möchte die Vielseitigkeit der Tanzperformanceszene zeigen, Entwicklungen verfolgen und dem Publikum einen abwechslungsreichen Einblick in das aktuelle Tanzgeschehen geben. Wir freuen uns auf ihren/euren Besuch.

secret solo – Programm Mai 2010

„Körper, erinnere Dich…!“
Choreographie und Tanz: Stephan Herwig
Texte: Konstantinos Kavafis
Gelesen von: Michael Gaschler
Uraufführung

.
“TACTICKLE”
Interpretation: Ludger Lamers
Text und Tonaufnahmen: Ludger Lamers

.

„Agrypnie“
Choreoraphie und Tanz: Stephanie Felber
Musik: Zoe Keating – Exurgency
Uraufführung

.

“Andy”
Choreographie: Johannes Härtl
Tanz: Maria Härenstam
Musik: Madman Mountain, u.a.

.

„Beauty is the Beast“
Chroreographie und Tanz: Amanda Billberg
Musik: Fever Ray, The Ark

.
Uraufführung
Mit freundlichen Grüßen
Ulrich Rogun
Rogun Kulturmanagement
Pariser Str. 23
81667 München
T: 0176-45501461
rogun@mnet-online.de

Posted in Performance | Leave a comment

NOSSOS

14 de Maio, 21h30

Teatro Helena Sá e Costa, Porto

Nossos

.

Nossos || Companhia de Dança de Almada

.

No vigésimo aniversário, a Companhia de Dança de Almada apresenta a peça “Nossos”, criada no âmbito do Programa Novos Coreógrafos 2009, no Teatro Helena Sá e Costa com o apoio da Obra Madrasta.

«Nossos» é fruto da pesquisa e reflexão acerca de pessoas diferentes e das suas diferentes perspectivas sobre a vida. De como se relacionam com os outros à sua volta. ”Nossos” fala de intimidade, de estereótipos e singularidades dentro de uma massa; do singular mesmo quando plural; fala do meu, do teu… de tudo que é nosso. Tem como base uma série de situações quotidianas, que envolvem a relação entre duas ou mais pessoas, ou mesmo a relação de uma pessoa consigo mesma, e/ou a sua situação inerente a situações específicas. Numa época de relações instantâneas e descartáveis, repensar o porquê da forma como nos relacionamos com os outros e mesmo com as diferentes situações que a vida nos apresenta, torna-se tão importante quer para o auto-conhecimento, quer para a formação de um carácter coerente. Como importante é entender que os nossos sonhos, desejos, angústias, felicidades e tristezas são o complemento de um pronome possessivo do plural e que, apesar das nossas complexas singularidades, para que seja possível a construção de um plural, são precisos pelo menos dois. Ver que os nossos amores são frutos da nossa admiração, carinho, respeito, ou mesmo que de uma completa ilusão, seja ela consciente ou não, terá a sua importância numa estrada mais longa a percorrer; e que as nossas derrotas nunca são completas e absolutas, pois se olharmos por todas as que já passamos não vemos hoje alguém derrotado, nem que seja por lhes ter resistido e estar presente.

Coreografia Ricardo Ambrózio

Música Beirut, Murcof, Jefferson Airplane, Rechenzentrum, Caetano Veloso e The Cinematic Orchestra

Desenho de luz Pedro Machado

Figurinos Fauze El Kadre

Assistente de Coreógrafo Maria João Lopes

Colaboração Artística Pola Brändle

Intérpretes Débora Queiroz, Nuno Gomes, Maria João Mirco, Perrine Bache-Gabrielsen. Ricardo Santos

.

+ info:

Companhia de Dança de Almada

mail: geral@cdanca-almada.pt

site: www.cdanca-almada.pt

.

TEATRO HELENA SÁ E COSTA

Rua da Alegria, 503   4000-054 Porto

(entrada pela Rua da Escola Normal, nº 39)

Tel. 225 189 982/3

mail: thsc@esmae-ipp.pt

site: www.esmae-ipp.pt/thsc

Posted in Performance | Leave a comment

ANTOINE

Posted in Performance | Leave a comment

PAROLE, PAROLE, PAROLE

Posted in Performance | Leave a comment