Novembro 2010

Posted in Uncategorized | Leave a comment

Outubro 2010

Posted in Uncategorized | Leave a comment

News ’09

Posted in Uncategorized | Leave a comment

Newsletter 09’2010

Posted in Performance | Leave a comment

LA COQUILLE

LA COQUILLE

05.08.2010, 20.30 h, Frankfurt LAB

Schmidtstrasse 12, D – 60326 Frankfurt/Main

Idee und Konzept: Daniel Franz und Johanna Manzewski

Texte: Elfriede Jelinek

Performer: Ludger Lamers

Sprecher: Norman Hacker, Stephan Schad

Realisation: Stine Hertel, Johanna Manzewski, Ludger Lamers, Jan Rohwedder, Daniel Franz

Soundberatung: Björn Deigner

What happens if you let speak the body about something else, which you can’t solely describe with linguistic terms and

statements? The project „La coquille“ would like to have a closer look at a body/language or the body as „the Other“ of

language. According to the textual basis of Elfriede Jelinek „er nicht als er“ we would like to draw together with one performer

the choreographic attention to the gaps and interspaces of the body. Key aspects of the work lay in the question

of how parts of the body – if you understand them as a set of actions – can be seen as different typs of multidimensional

branchings of an organism? Furthermore, how could the performer as a self-affirming and self-constitutive subject take

thereby center stage in the choreographic process?

Was passiert, wenn man den Körper von etwas Anderem sprechen lässt, das sich nicht allein mit sprachlichen Aussagen

einholen lässt? Die Arbeit „La coquille“ versucht sich, dem Verhältnis von Körper und Sprache zu nähern, indem wir

den Körper als „das Andere“ der Sprache begreifen möchten. In einer Rauminstallation, welche ein akustisches Environment

einschließt, planen wir, gemeinsam mit einem Performer, unser choreografisches Interesse auf die Leerstellen

und Zwischenräume des Körpers zu konzentrieren. Da wir die Synergieeffekte zwischen Körper und Sprache nutzen

wollen, richten wir den Fokus unserer Textinszenierung auf Auszüge Elfriede Jelineks „Er nicht als er“. Lässt sich ein

„fragmentierter“ Körper als Einheit erfassen, auch und gerade wenn seine Fragmente als Teile der Bühne selbst zu

verstehen sein könnten? Lassen sich Körperteile als unterschiedliche Schichten, als Verzweigungen eines Organismus

begreifen? Wie könnte diese Art der Mehrdimensionalität aussehen, versteht man den Körper als Bündel von Handlungen,

von Bewegungen? Last but not least möchten wir mit „La coquille“ der Frage nachgehen, wie sich der Performer

als ein selbst-affimierendes, selbst-konstituieren des Subjekt auf der Bühne verstehen kann, wenn er zeitgleich Teil

eines choreografischen Prozesses sein soll.

Posted in Uncategorized | Leave a comment

July 2010

Posted in Performance | Leave a comment

Flávio Rodrigues

Posted in Performance | Leave a comment

Prémio Incentivo de Dança 2010 atribuído a Ludger Lamers

Prémio Incentivo de Dança 2010 atribuído a Ludger Lamers

“Na sessão do passado dia 6 de Maio, o Pelouro da Cultura da Câmara Municipal de Munique decidiu atribuir o “Prémio Incentivo de Dança 2010” a Ludger Lamers. Este Prémio, no valor de seis mil euros, é concedido, de dois em dois anos, a um trabalho artístico actual, de excepcional qualidade, nas áreas do ballet e da dança-teatro. Até à data, os laureados com este Prémio foram Viviane Marrone, Compagnie Dance Energy – Micha Purucker, Tom Plischke, Olga Cobos e Peter Mika, Mia Lawrence, Kim Ki-Hun e Claudia Senoner.

Composição do Júri:

O júri, constituído por Angela Dauber (Performer), Doutor André Eiermann (investigador na área do teatro e da dança), Robert Hofmann (director do teatro i-camp/novo teatro Munique), Ingrid Kalka (directora-geral de Tanztendenz), Claudia Senoner (bailarina e coreógrafa, laureada com este mesmo Prémio em 2008), Katja Werner (crítica de dança), bem como por representantes de vários partidos políticos com assento na Câmara Municipal de Munique (Dr. Ingrid Anker (SPD), Niederbühl Thomas (Verdes / RL), Monika Renner (SPD), Ursula Sabathil (CSU) e Elizabeth Schmucker (CSU), fundamenta a sua decisão da seguinte forma:

Fundamentação do Júri:

“Na reunião de 2010/04/15, o júri propôs, para a atribuição do “Prémio Incentivo Dança 2010”, o bailarino e coreógrafo Ludger Lamers. Na base desta decisão está a abertura que Lamers manifesta na sua linguagem coreográfica, sendo aquela o ponto de partida para a confluência de outras expressões artísticas na sua metodologia de trabalho. Esta tendência está igualmente presente a nível conceptual e prático e não a encontramos apenas nas suas próprias coreografias, mas é também visível quando Lamers actua como bailarino em projectos de outros artistas.

Por isso, os trabalhos de Lamers encontram pontos de partida e de referência na arquitectura ou no cinema, como é possível ver na sua trilogia “Tokonoma”, que decorreu entre 2007-2009. Também explora a intersecção entre a dança e o teatro como por exemplo, enquanto performer na produção de “Appropriation. Parasiten. Krapp’s Last Tape” de Sebastian Blasius, notavelmente realizada em 2009. Visto geralmente em colaboração com outros artistas, Lamers manifesta, não só uma admirável disponibilidade para este trabalho em equipa, mas também um especial interesse em se entregar a novos domínios e, desta maneira, possibilitar a abertura de caminhos originais para a sua pesquisa coreográfica. Trabalho a solo partindo de um texto, é uma parte essencial da sua pesquisa, a par de outros campos, como por exemplo, instalações baseadas em workshops, análise e questionamento de formas de reconstrução e de representação, interesse no trabalho com o corpo e com a espiritualidade.

Assim, o trabalho de Lamers testemunha um interesse profundo nos domínios da coreografia e da dança em que o corpo atravessa os limites de um só género de arte, entrando num movimento convergente, compreendendo, desta maneira, a dança como uma investigação, em formas diferentes de representação e de apreensão do mundo, em vez de reduzir a dança a uma forma específica ou a uma simples definição”.

Informações disponíveis em: http://www.muenchen.de/Rathaus/kult/presse/mai/html

Como uma forma de reconhecimento dessa sua abertura a uma diversidade de linguagens, contribuição indispensável para o desenvolvimento da dança contemporânea, característica que continua a ser visível na sua última produção (“Le Sceptre Et La Marotte”, Novembro 2009, i-camp/Neues Theater Muenchen e Janeiro 2010, auditório Schwere Reiter), o Doutor Hans-Georg Küppers, Conselheiro da Cultura da capital da Baviera, Munique (Kulturreferent der Landeshauptstadt München), e Presidente da Comissão da Cultura do Congresso dos Municípios da Alemanha (Vorsitzender des Kulturausschusses des Deutschen Städtetages), entregar-lhe-á o “Prémio Incentivo de Dança 2010”. no próximo dia 5 de Julho, em sessão solene, no salão Nobre do antigo edifício da Câmara Municipal de Munique (Historischer Festsal – http://www.muenchen.de/Rathaus/dir/raum/101270/altrath.html).

Posted in Performance | Leave a comment

O Senhor das Palavras || Academia de Dança de Matosinhos

Posted in Formação, Performance | Leave a comment

May 2010

Posted in Performance | Leave a comment